PF investiga uma rede de compartilhamento de pornografia infantil

Divulgação PF

Grupo de fazia presente em mais de 100 países.

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (25/2) a Operação Inferis, com o fim de investigar suspeitos que estariam envolvidos em uma rede de compartilhamento de pornografia infantil presente em 106 países.

Policiais Federais cumprem quatro mandados de busca e apreensão em Boa Vista/RR. Os mandados foram expedidos pela 4ª Vara Federal de Roraima, após manifestação favorável do MPF.

As investiga√ß√Ķes tiveram in√≠cio ap√≥s a apreens√£o do celular de um indiv√≠duo do sexo masculino, o qual participaria de 25 grupos de compartilhamento pornografia infantil, com integrantes de todos os estados brasileiros e de mais 105 pa√≠ses. A pris√£o deste suspeito foi fruto de uma investiga√ß√£o da pol√≠cia espanhola, em coopera√ß√£o policial internacional com a Pol√≠cia Federal.

Dos demais integrantes identificados nos grupos, quatro seriam moradores de Boa Vista/RR e s√£o alvos dos mandados de busca e apreens√£o. Os suspeitos participariam ativamente no compartilhamento de conte√ļdo criminosos envolvendo crian√ßas e adolescentes.

As investiga√ß√Ķes seguem em andamento.

O nome da opera√ß√£o faz alus√£o ao termo submundo, em latim, em alus√£o metaf√≥rica a localidade onde ocorreriam a transa√ß√£o do conte√ļdo de pedofilia.

Com informa√ß√Ķes da Comunica√ß√£o Social da Pol√≠cia Federal em Roraima