Polícia Civil prende três homens em Muriaé e um foragido da Justiça em Viçosa

Polícia Civil prende três homens envolvidos em homicídio ocorrido em Muriaé

Dois homens foram localizados em Juiz de fora e um rapaz em Muriaé, em ação simultânea realizada nas cidades.

Nesta quarta-feira (24), a Polícia Civil de Minas Gerais prendeu três homens, 31, 31 e 34 anos, envolvidos em um homicídio, ocorrido no dia 16 de fevereiro, na ponte do Bairro da Barra, em Muriaé. De acordo com o Delegado Tayrony Espíndola, eles são acusados de participarem da morte de um homem de 27 anos. Dois deles foram localizados no município de Juiz de Fora e um rapaz na cidade de Muriaé. A ação conjunta e simultânea foi realizada por equipes de policiais civis da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa de Muriaé e da 1ª Delegacia Regional de Juiz de Fora.

Segundo a autoridade policial, o crime foi registrado como suicídio, mas apurações indicaram que, na noite em que ocorreram os fatos, a vítima e os três rapazes teriam feito intenso uso de drogas e bebidas alcoólicas. “Ao deixarem o bar onde estavam, já sobre a ponte, iniciou-se uma discussão entre eles, quando a vítima, então, foi arremessada no Rio Muriaé”, explicou.

Ainda conforme o Delegado, naquela noite, as águas do rio se encontravam agitadas por conta das chuvas fortes que atingiram a região, por isso o corpo do homem foi localizado no dia seguinte, na Avenida JK, há aproximadamente 8 km do local onde teria sido lançado.

Durante as investigações, testemunhas também foram ouvidas no inquérito policial e disseram ter escutado gritos de socorro oriundos do local da discussão.

Os homens serão conduzidos ao sistema prisional, permanecendo à disposição da Justiça.

Polícia Civil deflagra ação e prende foragido da Justiça em Viçosa

Havia um mandado de prisão em aberto contra o homem, em virtude de condenação a 25 anos de prisão pela prática do crime de estupro.

Na segunda-feira (22), a Polícia Civil de Minas Gerais realizou uma ação no município de Viçosa que resultou na captura de um homem de 42 anos, foragido da Justiça há mais de um ano. Havia um mandado de prisão em aberto contra ele, em virtude de condenação a 25 anos de prisão, em regime fechado, pela prática do crime de estupro.

Durante dois meses, policiais civis realizaram diligências, inclusive, com levantamentos e com monitoramento do imóvel onde o homem estaria escondido. Ontem, após investigações, o indivíduo foi abordado no momento em que estava saindo do local, no Bairro Posses.

Ele foi encaminhado ao sistema prisional, onde permanece à disposição da Justiça.

Com informações da Assessoria de Comunicação – PCMG – 4DPC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *