Semana Santa e P√°scoa
Procon orienta consumidores

Imagem divulgação

Neste tempo de compras espec√≠ficas, relacionadas √†s comemora√ß√Ķes da Semana Santa e P√°scoa, a Ag√™ncia de Prote√ß√£o e Defesa do Consumidor (Procon/JF) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), est√° divulgando orienta√ß√Ķes e dicas para que os consumidores evitem problemas comuns ao adquirir os produtos caracter√≠sticos da √©poca, principalmente chocolates e peixes.

Antes de sair às compras, é fundamental que o consumidor faça pesquisa de preço, traçando comparativo e priorizando a economia de gastos. Há produtos que possuem suas particularidades, como é o caso dos ovos de Páscoa com brindes ou brinquedos. Esses têm preço mais elevado e são grande atrativo. Aqui, uma dica simples é não levar as crianças aos supermercados ou lojas especializadas no dia das compras.

Ainda sobre os ovos de P√°scoa, o consumidor deve ficar atento quanto ao prazo de validade e se constam as informa√ß√Ķes do fabricante, como o Cadastro Nacional de Pessoa Jur√≠dica (CNPJ), endere√ßo f√≠sico e servi√ßo de atendimento ao consumidor (SAC); verificar tamb√©m se o produto sofreu algum tipo de dano, j√° que, geralmente, as lojas deixam nas prateleiras ovos amassados ou quebrados; e atentar para o local onde est√£o os chocolates, arejado e longe de produtos de limpeza ou de forte odor.

As embalagens devem estar íntegras, pois se estiverem violadas há a facilidade de contaminação por microrganismos ou insetos. Caso os ovos ou bombons sejam de fabricação caseira, o fornecedor é obrigado a seguir as mesmas regras de comercialização dos industrializados.

Para a compra de peixes ou pescados, a orienta√ß√£o √© adquirir sempre os mais frescos. √Č preciso ficar atento √† conserva√ß√£o e apar√™ncia dos produtos. O armazenamento do peixe, junto com a refrigera√ß√£o e higiene, √© fundamental para manter a qualidade, e por isso devem ser verificados pelo consumidor.

Não adquirir o peixe que estiver com manchas avermelhadas ou pintas pretas no dorso, sinais que indicam a presença de bolor ou deterioração. Além disso, verificar se olhos do peixe estão brilhantes, as guelras vermelhas e se as escamas não se soltam facilmente. Quanto ao bacalhau, saber sobre a procedência do produto.

Na embalagem devem constar informa√ß√Ķes quanto ao peso l√≠quido, identifica√ß√£o do pa√≠s de origem e do produtor, lote, registro no √≥rg√£o de fiscaliza√ß√£o competente, indica√ß√£o de temperatura para conserva√ß√£o, data de acondicionamento e prazo de validade, al√©m do carimbo do servi√ßo de inspe√ß√£o.

Para o consumidor que optar por comemorar fora de casa, em bares ou restaurantes, a dica é verificar se os estabelecimentos informam de forma clara e ostensiva os preços em seu cardápio.

Caso seja cobrado couvert art√≠stico, o cliente tamb√©m deve exigir as informa√ß√Ķes pr√©vias de valor, seja no card√°pio ou em cartazes. As informa√ß√Ķes devem ser afixadas em local vis√≠vel na entrada do estabelecimento. O Procon alerta, tamb√©m, que os fornecedores s√£o proibidos de aplicar multa por perda de comanda de consumo e de exigir que o consumidor pague gorjeta para o gar√ßom ou os 10%.

Informa√ß√Ķes e orienta√ß√Ķes sobre os direitos do consumidor podem ser solicitadas pelos telefones 3690-7610 e 3690-7611, ou na sede da ag√™ncia, na Avenida Presidente Itamar Franco, 992, Centro, de segunda a sexta-feira, das 8h30 √†s 17h30.

Com informa√ß√Ķes da Assessoria de Comunica√ß√£o do Procon/JF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *